6 Tipos de Queijos Mais Consumidos No Brasil: Veja Aqui

0

A fabricação de queijo é um processo simples, embora existam muitas decisões que precisam ser tomadas ao longo do processo. O leite deve ser separado em soro e coalho, o soro é drenado e, em seguida, o soro é removido da coalhada.

O queijo é maturado e o produto final é o que conhecemos como queijo. Existem muitos queijos diferentes com propriedades únicas devido às decisões que devem ser tomadas em cada etapa do processo, juntamente com fatores ambientais locais incontroláveis.

O queijo pode ser feito de qualquer leite, não apenas o leite de um animal específico. Cada raça animal tem características diferentes em seu leite, e o próprio leite é feito de água, proteína, gordura e açúcar.

Cada tipo de leite terá uma proporção diferente desses componentes. Além disso, cada tipo de vaca possui uma estrutura física diferente, o que impactará no resultado final na hora de fazer o queijo.

Tipos de Queijos

1- Queijo Canastra
Este queijo artesanal é feito de leite de vaca cru e é originário da Serra da Canastra no Brasil. O queijo tem um aroma forte e um sabor distinto ligeiramente picante. Foi declarado patrimônio cultural imaterial do Brasil e combina bem com cerveja preta, vinho tinto ou cachaça.

2- Queijo Requeijão
O requeijão é um queijo latino que é produzido em Portugal e no Brasil. É feito adicionando 10% de leite ao soro de leite, resíduo da produção de queijo. A mistura é aquecida, desnatada, colocada em cestos de vime e depois escorrida. 

Desde então, o processo é semelhante ao da ricota; o queijo é frequentemente descrito como a versão hispânica do queijo ricota.

O requeijão é um queijo muito cremoso, extensível, branco-amarelado, que deve ser consumido fresco. Sua consistência pode variar de sólida a cremosa com um sabor forte e salgado característico. No entanto, a versão brasileira pode ser um pouco mais suave e cremosa.

Como o queijo é pobre em gordura e rico em proteínas, é perfeito para quem se preocupa com a saúde. O Requeijão amplia o sabor de pratos como saladas, massas e sobremesas.

3- Queijo Prato
Queijo Prato é um queijo macio brasileiro, semelhante ao queijo dinamarquês Danbo. É um dos queijos mais populares do Brasil e foi introduzido por imigrantes dinamarqueses no estado de Minas Gerais. 

Como o método de produção do queijo Prato era o mesmo do queijo Danbo, as diferenças são atribuídas às características do leite. Caracteriza-se por um baixo teor de sal e lactose, cor amarela e sabor suave.

O queijo permaneceu no formato cilíndrico até a década de 1960, quando algumas fábricas lançaram o formato paralelepípedo para facilitar o reajuste. Esse formato predomina hoje e o único resquício do antigo formato é o Prato Cobocó.

Muito difundido e consumido no Brasil, o queijo Prato é, hoje, fabricado em vários estados do Brasil. De sabor suave e levemente complexo, é utilizado principalmente no preparo de lanches e outros alimentos.

4- Queijo Coalho
Coalho ou Queijo de coalho é um queijo firme, mas muito leve, produzido no Brasil. É bastante salgado e tem uma textura quase estridente quando você o morde. 

É um lanche de praia popular e barato no Brasil, onde vendedores ambulantes dobram placas retangulares em fornos de carvão de mão, muitas vezes com uma pitada de orégano e molho com sabor de alho. É comido de uma vara, muito parecido com um kebab. 

É vendido especialmente nas praias, muitas pessoas também o comem com mel.Esse queijo, além de ser consumido puro, é consumido fatiado na forma de aperitivos e utilizado em inúmeros pratos tradicionais do Nordeste do Brasil.

5- Queijo Minas
Minas é um tipo de queijo tradicionalmente produzido no estado brasileiro de Minas Gerais. Ele vem em três variedades, chamadas Frescal ( queijo fresco ), Meia-cura (queijo levemente curado) e Curado (queijo curado). Uma quarta variedade, a marca Queijo Padrão, foi desenvolvida mais recentemente e pode ser encontrada em quase todos os supermercados e mercearias do Brasil.

O queijo Minas é feito com leite de vaca de acordo com receitas tradicionais. Costumava amadurecer naturalmente ao ar livre ou, menos frequentemente, sobre uma panela para secar no calor.

O queijo fresco (como o próprio nome indica) é servido bem fresco, 4 a 10 dias após a preparação, ainda branco e tenro. Um bom fresco deve ser suculento, macio, levemente granulado (em vez de emborrachado), com sabor suave. Não é bom para cozinhar, exceto com carne bovina ou suína (o suco ajuda a mudar o sabor). Pode ser usado para fazer sanduíches.

O queijo curado está pronto para consumo quando o suco evapora e o queijo solidifica e adquire uma tonalidade amarelada. Um bom queijo curado deve ter um núcleo branco, perfurado com pequenas bolhas de ar, ligeiramente mais granuloso que o fresco e com um sabor mais forte, que tende a ser amargo. 

É excelente para cozinhar, pois serve para uma grande variedade de pratos de todos os tipos, como o Pastel de Queijo e o famoso pão de queijo.

6- Catupiry
Catupiry é uma das marcas de requeijão mais populares do Brasil. Foi desenvolvido pelo imigrante italiano Mario Silvestrini no estado de Minas Gerais (Brasil) em 1911. O nome deriva da palavra nativa tupi-guarani que significa “excelente”.

Catupiry é um queijo macio e de sabor suave que pode ser espalhado em torradas e biscoitos ou usado na culinária. Devido ao seu baixo nível de acidez, o Catupiry tornou-se ingrediente de diversos pratos.

A expressão “com Catupiry” (com Catupiry) refere-se a alimentos em que o Catupiry é ingrediente, ou recheio, como pizza, coxinhas ou pão de queijo. Também é consumido como sobremesa combinado com geleia de goiaba.

Nos Estados Unidos, o Catupiry pode ser encontrado em lojas e restaurantes de etnia brasileira nos estados da Flórida, Califórnia, Nova York e Massachusetts.

Entre as décadas de 1920 e 1980, a embalagem era uma caixa redonda com tampa, feita artesanalmente – uma a uma – a partir de uma fina folha de madeira. Já na década de 1990, as embalagens passaram a ser plásticas e surgiram as bisnagas e baldes vendidos para pizzarias. 

O autêntico catupiry é produzido em Bebedouro, interior de São Paulo, em uma das fábricas do grupo. A pizza à base de requeijão Catupiry é tradicionalmente comercializada em todos os estados do Brasil.